Duelo ao pôr-do-sol em Nova York…

Não que Nova York fique exatamente no “Far West” (pra sermos precisos, fica bem mais pra cá do que pra lá), mas mesmo assim a Grande Maçã foi palco de um sangrento duelo ao pôr-do-sol entre os beligerantes instrumentos de Marco Ruviaro (eu, como sempre ao bandolim) e Douglas Lora (cavaquinho). O meu adversário é reconhecido por ser imbatível no violão, mas foi só o Douglas pegar no cavaquinho pra nego bater. Se eles soubessem, porém, do que pode um cavaquinho, os homens não iriam crer. Quando ele fere, fere firme, e dói que nem punhal. Quando ele invoca, parece…

Compartilhe!

Roda de Choro à Milanesa!

É exatamente isso que vocês leram… uma bela Roda de Choro à Milanesa — passada na farinha de rosca, no ovo e na farinha de trigo (não me pergunte a ordem exatas das farinhas, que eu nunca soube; o importante é a gotinha de limão pra dar aquele gostinho final)! Muito Pixinguinha, Jacob, Anacleto, Nazareth e toda a trupe tradicional e moderna do nosso velho e bom Choro! Depois de um breve intervalo por conta da minha viagem a Nova York, a Roda de Choro em Milão segue mais forte que nunca… no sábado dia 4 de Maio de 2013,…

Compartilhe!

Circolo Odeon, début

A que vem o Circolo Odeon? A italianidade e a brasileiridade que se confrontam de forma idiossincrática, opondo os elementos históricos e culturais que ao mesmo tempo unem e diferenciam esses dois bravos povos, cuja sofrida história é repleta de semelhanças, não obstante o oceano de seculares contrastes que os separam, trazendo-lhes uma proximidade inatingível no campo geográfico, mas evidente no campo musical. Isto é o Circolo Odeon. Tim Trevor-Briscoe, clarinete Marco Ruviaro, bandolim Barbara Piperno, flauta Rocco Casino Papia, violão 7 cordas Marco Zanotti, pandeiro Compartilhe!

Compartilhe!

Milão, Roda de Choro pré-primavera

Roda de Choro à Milanesa! É exatamente isso que vocês leram… uma bela Roda de Choro à Milanesa — passada na farinha de rosca, no ovo e na farinha de trigo! Não me pergunte a ordem, que eu nunca soube. Desde que Milão foi fundada pelos ínsubres, vários séculos atrás, não se tem registro de Rodas de Choro regulares e consistentes ali — o que efetivamente é algo inadmissível do ponto de vista pan-chorístico Compartilhe!

Compartilhe!

Vals sans nom, de Denis 7 Cordas

Na interpretação do violonista brasileiro Marco Ruviaro (sim, eu mesmo), apresento em primícia esta peculiarmente bela valsa composta pelo grande Denis 7 Cordas ali pelos entremeios daquele que ora começa a ser um mero e longínquo ano de 2010, se não estiver eu me deixando levar pela incorrompíveis tentações do equívoco. Para ser sincero, eu nem sei se a Valsa realmente é sem nome. Depois eu pergunto pro Denis. Clique e ouça este capolavoro composto por Denis 7 Cordas Tendo sido esta gravação realizada nos antológicos Estúdios Chorísticos Irineu de Almeida (sediados na sempre pacata cidade de Torino, noroeste da…

Compartilhe!
Milão abre as portas para o Choro

Milão abre as portas para o Choro

A moda em Milão agora é… Choro! A capital longobarda não poderia ficar pra atrás na onda chorística que assola toda a Europa. COm enorme sucesso, realizamos a primeira Roda de Choro em Dezembro, seguida de outras duas (dia 20 de Janeiro de 2013 e também dia 17 de fevereiro de 2013) Compartilhe!

Compartilhe!

Semaine du Choro “Edson 7 Cordas”

A partir do dia 28 de Janeiro de 2013, o Choro vai borbulhar em meio à neve que assola Paris! Vem aí a Semaine du Choro “Edson 7 Cordas”! — Mas o que é essa tal Semaine não sei do quê? — irão perguntar. A resposta todo chorão tem já na ponta da língua… uma série interminável de eventos na capital francesa. Roda de Choro em tudo quanto é canto, seminários, oficinas. Como não poderia deixar de ser, tudo isso com músicos de várias partes do mundo… Stuttgart, Torino, Fortaleza, Campina Grande, Genova, Kassel, Fano, Rio de Janeiro, Constança, Salvador,…

Compartilhe!
11 of 22
789101112131415