Clube do Choro de Torino

Em 23 de dezembro de 2007, uma Roda de Choro aparentemente despretensiosa inaugurou o Clube do Choro de Torino. Estavam presentes Roberto Taufic, Simon Papa, Gilson Silveira, Marco Ruviaro, Deborah Nurchis e Fabrizio Forte, que simbolicamente são os fundadores do Clube.

Durante aquela Roda, entre um Choro e outro, alguém disse alguma coisa do tipo “ei, com essa Roda hoje a gente tá fundando o Clube de Choro de Torino”. Todo mundo encampou a idéia.

Clube do Choro de Torino

Clube do Choro de Torino

Desde então, as Rodas de Choro se tornaram hábito em Turim, ora na casa de algum dos participantes, ora em algum bar, ora na Praça Pixinguinha (antiga Praça Cavour), geralmente nos finais-de-semana.

Importante ressaltar que o Clube do Choro de Torino é uma entidade que se coloca entre o abstrato e concreto. Não há uma sede, ao mesmo tempo em que há várias sedes. Não tem carteirinha de sócio nem estatuto, mas tem participantes assíduos e diretrizes claras. O Clube do Choro de Torino não é algo que se vê; é algo que se sente.

Integrantes

Os participantes do Clube do Choro de Torino não se restringem aos músicos-fundadores; muito pelo contrário. O corpo fundamental do Clube é formado também por músicos de vários cantos, origens, raças e tendências.

Os membros frequentadores mais assíduos são o parisiense Denis 7 Cordas, que é o mantenedor do Bando do Chorão, o mais completo site sobre Choro na Europa, o intrépido Javali que, além de tocar oboé, cavaquinho e violão 7 cordas, é o maior fomentador do Choro em toda a costa adriática italiana, e Thierry Moncheny, violonista 7 cordas parisiense que faz imitações incríveis do Robert de Niro.

Objetivos

Os objetivos do Clube são clarevidentes… difundir a música brasileira instrumental, promover Rodas, realizar debates, seminários e discussões (sejam elas acaloradas ou diplomáticas), ensinar Choro para quem quiser aprender, e por aí vai. Em termos curtos e sem delongas, o objetivo é tocar Choro tal como se deve.

Nada como uma daquelas rodas promovidas pelo Clube

Nada como uma daquelas rodas promovidas pelo Clube

Quer fazer parte do Clube do Choro de Torino? Quer saber quando será a próxima Roda? Dê uma olhada na Agenda, ou então entre em contato por e-mail ou por telefone.

Não deixe também de dar uma olhada em algumas belas fotos das Rodas de Choro promovidas pelo Clube!

One thought on “Clube do Choro de Torino

  1. Foi com muita alegria que tomei conhecimento do Clube do Choro de Torino.
    Tenho o privilégio de ser amigo de um de seus fundadores, o grande percussionista Gilson Silveira, com que já toquei diversas vezes e ainda pretendo tocar muitas vezes.
    Meu grupo de Choro, o Brasil com S, se apresentou em Torino, Milão, Susa e Chivasso em 2005, graças a um convite do saxofonista Fulvio Albano para o Susa Open Music Festival. Foi maravilhoso sentir a calorosa recepção do público italiano a esse nosso gênero musical que é tão especial: o Choro.
    Parabéns pela iniciativa. Continuem divulgando as Rodas de Choro e, quem sabe um dia, nós aparecemos para uma canja?!
    Tenho uma escola de Choro em Belo Horizonte. Na verdade é a única de Minas Gerais. Vindo à BH apareçam para um café e para tocarmos juntos. Nosso próximo “Rodão” será dia 23 de abril de 2010 (aniversário do querido Pixinguinha).
    Um forte abraço
    Hudson Brasil – violonista e bandolinista.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>