Estréia da polca La Mortadella

Estréia da polca La Mortadella

Dentre as tantas composições que venho fazendo ultimamente, uma delas é dedicada à Roda de Choro de Bolonha, uma realidade que vem se estabelecendo já há alguns anos, e que tomou ainda mais força a partir do final de 2016. Com encontros semanais, músicos de várias partes, várias horas de música, achei que a Roda de Choro de Bolonha merecia ter uma música sua!

Entre agosto e setembro de 2017 escrevi uma polca, denominada La Mortadella, em homenagem a essa espécie de salame róseo cujos detalhes não saberia descrever, mas que todos conhecem. Os bolonheses orgulhosamente afirmam que a mortadela é típica daqui; se é verdade ou não, eu não sei, talvez ninguém saiba ao certo, mas… seja como for, o nome é ótimo para uma polca, vocês não acham?

Roda de Choro, estréia da polca "La Mortadella"

Roda de Choro, estréia da polca “La Mortadella”

Para apresentar essa nova composição, nada melhor do que uma boa roda de choro em terras bolonhesas. Na segunda-feira, dia 25 de setembro de 2017, vamos nos juntar em um dos nossos sólitos botecos daqui e em algum momento — preferencialmente quando o nível alcóolico dos participantes for ainda baixo o bastante para permitir a leitura de partituras novas — vamos experimentar “La Mortadella” e ver o que é que sai. A depender dos resultados, de repente ainda mexo alguma notinha cá, ali e acolá. Esteja presente você também para presenciar essa ocasião história, a estréia mundial da polca dedicada à roda de choro de Bolonha!

Leave a Reply